Qual deve ser a margem de lucro de um produto artesanal?

lucro-artesanato

Provavelmente você já ouviu falar de pessoas que colocam 200% de lucro e outras que colocam 20% e aí você ficou sem saber quanto colocar de lucro no seu produto, certo?

Mas afinal o que é lucro?

Primeiro é importante entender que o LUCRO é o que você vai reinvestir na empresa, NÃO é o seu salário. Essa é uma confusão comum. O lucro é o valor que “volta” para investir na empresa, para que você futuramente adquira novos equipamentos, por exemplo.

Pessoas que colocam lucros altíssimos, de 80, 100% ou mais, provavelmente não estão fazendo o cálculo do preço de venda das suas peças considerando todos os custos, por isso jogam uma margem alta na expectativa de cobrir todas as despesas, custos e o “que sobrar fica pra ela”. E aí que muitas vezes o artesão não vê a cor do dinheiro, mesmo depois de virar noites trabalhando.

Essa é uma maneira muito arriscada de administrar o seu negócio, pois nem sempre um lucro alto garantirá o retorno esperado.

O que entra na composição do preço do produto?

O ideal é que na hora de precificar você já leve em conta:

  • Custos dos materiais usados;
  • Mão-de-obra (de onde virá o seu salário);
  • Despesas (internet, energia, etc);
  • Custos do meio de venda (comissões, taxas do cartão, etc);
  • Impostos;
  • LUCRO.

Dessa forma você está calculando tudo em seu devido lugar, todos os custos já estão computados no preço da sua peça. Assim não há necessidade de colocar um lucro alto, pois isso só vai encarecer seu produto.

Qual deve ser a margem de lucro usada no produto?

Para manter uma pequena empresa saudável uma margem de lucro em torno de 15% a 20% é suficiente.
Depois de calcular o seu preço dentro dessa faixa, faça uma pesquisa e veja o preço da concorrência, assim você poderá – se necessário – ajustar seu lucro para ficar dentro do mercado, ter uma margem para desconto, além de ter um preço justo e competitivo.

Precificando corretamente sua peça artesanal, você não precisa jogar o lucro lá nas alturas e torcer pra dar tudo certo, você já estará prevendo e calculando tudo de maneira consciente, evitando surpresas desagradáveis!

Nesse vídeo curtinho explicamos a diferença entre o salário do artesão e o lucro da empresa:

Comenta se esse conteúdo foi útil pra você, assim mais informações desse tipo farão parte do blog!

curso-donuts

Vanessa Longo

Publicitária de formação, artesã de coração. Fã de empreendedorismo, especialmente de negócios criativos. Já teve seu ateliê de papelaria personalizada e hoje se dedica de corpo e alma ao Calcularte!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *