Como incluir as embalagens no Calcularte

incluir-as-embalagens

Esse post é pra você que está usando o Calcularte e quer saber como incluir as embalagens no sistema, no Plano Empreendedor (versão completa). Vou te mostrar como é fácil no passo-a-passo abaixo, vem comigo!

Antes de começar, nós dividimos as embalagens em dois tipos: embalagens individuais e embalagens de transporte. Entenda a diferença de cada uma e como adicioná-las no Calcularte.

Embalagens individuais

embalagens-individuais

As embalagens individuais são aquelas que obrigatoriamente vão acompanhar uma unidade da peça. Por exemplo, um saquinho de celofane que embala uma pulseira, a forminha do brigadeiro, o frasco do hidratante, etc.

Ou seja, o seu produto obrigatoriamente vai ter essa embalagem, de forma unitária. Por isso esse tipo de embalagem deve ser cadastrada como material da peça, junto com os outros materiais usados para a confecção da mesma.

embalagem-individual-calcularte
Clique para ampliar. obs: valores hipotéticos

Assim como os outros materiais, o custo dessa embalagem estará incluso na composição do preço da peça a título de “custo do material”. Dessa forma, essa embalagem deve ser cadastrada no seu Estoque junto com os outros materiais.

Embalagens de transporte

embalagens-para-transporte

Já as embalagens de transporte são aquelas usadas para entregar o pedido, como sacolas, caixas de papelão, etc.

A principal diferença entre a embalagem de transporte e a individual é que a de transporte você usa por pedido e não por produto (como a embalagem individual). Ou seja, uma embalagem de transporte pode comportar mais de uma peça ou mesmo uma peça unitária, se esse for o único item comprado pelo cliente.

Por esse motivo a embalagem de transporte tem um tratamento diferente no sistema. Você não pode incluir a embalagem direto na peça, pois o cliente pode comprar mais de um item e aí você estaria computando uma caixa de papelão (por exemplo) em cada peça, mas no final usaria apenas uma caixa para entregar todas as peças da encomenda.

Como incluir as embalagens de transporte no Calcularte

Em primeiro lugar, cadastre as embalagens de transporte que costuma utilizar no Estoque, aba Embalagens -> Nova embalagem. Aqui estamos fazendo somente o cadastro da embalagem.

nova-embalagem
clique para ampliar

Depois, quando fizer uma compra de embalagens de transporte, vá em Estoque, aba Embalagens e clique em Movimentar Estoque (ou no ícone de setinhas direto no registro da embalagem) para incluir o que comprou. Essa compra será lançada no seu fluxo de caixa automaticamente.

caixa-estoque
clique para ampliar
fluxo-de-caixa
clique para ampliar

As embalagens de transporte estão definidas no sistema para entrarem na média de despesas, que são rateadas para todas as peças. Essa informação está em “Categorias de despesas”, que fica no submenu verde:

clique para ampliar

Assim, esse custo entra nas “despesas fixas rateadas”, na composição do preço da peça.

despesas-rateadas
clique para ampliar

Quando você for enviar a encomenda, há um campo dentro do pedido para informar qual a embalagem de transporte foi usada, assim ela será debitada do seu estoque de forma automática pelo sistema, atualizando o seu estoque.

clique para ampliar

Viu como é fácil incluir as embalagens no Calcularte? Dessa forma você mantém o seu estoque atualizado e tem a tranquilidade de saber que o custo das embalagens está embutido no preço de venda dos seus produtos.

Então mãos à obra para começar essa semana linda com o Calcularte atualizado, otimizando o seu trabalho!

curso-donuts

Vanessa Longo

Publicitária de formação, artesã de coração. Fã de empreendedorismo, especialmente de negócios criativos. Já teve seu ateliê de papelaria personalizada e hoje se dedica de corpo e alma ao Calcularte!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *